13º Salario

Saiba como pagar o 13º salário sem causar dificuldades para sua empresa

As obrigações trabalhistas são implacáveis, pois batem à porta todos os anos e nem por isso se torna mais fácil de administrá-las. Mas entre novembro e dezembro há uma preocupação em especial que, se não for resolvida com planejamento, pode gerar complicações para o caixa do negócio: como pagar o 13º salário de forma sustentável? Para somar a isso, algumas empresas ainda precisam lidar com férias coletivas e outros custos comuns do período de fim de ano.

A grande questão é como fazer isso pagando em dia e sem comprometer o caixa da empresa. O problema é que, em períodos de instabilidade econômica ou mesmo de algumas viradas do mercado, até mesmo quem se planejou pode sofrer sérios problemas para arcar com essas obrigações. Imagina, então, quem não tem nenhum plano para pagar o 13º salário aos colaboradores?  Algo que os empresários costumam fazer é separar os recursos ao longo do ano, fazendo uma espécie de reserva que seja suficiente para pagar todos os encargos trabalhistas de fim de ano. Mas isso, infelizmente, nem sempre é possível e também não garante que o empreendimento poderá honrar com seus compromissos, afinal, em um ano, muita coisa pode acontecer, exigindo recursos financeiros.

Como dissemos, momentos instáveis da economia e reviravoltas no mercado acontecem e exigem respostas rápidas, o que pode custar a reserva construída ao longo dos meses.Outra opção é o empréstimo.  O empresário vai aos bancos e busca os recursos que precisa. A conta a ser paga é que é o problema, pois carrega junto os juros e o tempo de pagamento, fazendo com que a empresa já inicie um novo período com novas dívidas.

A alternativa para quem precisa saber como pagar o 13º salário

Se a sua empresa está nesse dilema e não quer começar um novo ano já com dívidas desnecessárias, saiba que o mercado oferece uma solução sustentável e que não pesa no caixa da empresa, tampouco gera dívidas e altas taxas de juros.

Essa alternativa se chama antecipação de recebíveis. Na prática, é assim: você usa um dinheiro que já é seu para cumprir as obrigações da empresa, não precisando recorrer a empréstimos e ficando menos dependente das reservas de dinheiro feitas ao longo do ano.

Para você entender em detalhes, vamos explicar melhor. Imagine que você fez uma série de vendas a prazo, com os pagamentos se estendendo por vários meses. Trata-se de um dinheiro que é seu, mas que ainda não está no caixa da sua empresa, pois será pago parceladamente pelos seus clientes.

A antecipação de recebíveis entra em jogo para fazer o seguinte: esse dinheiro pode ser resgatado por você e utilizado imediatamente, no caso, para pagar o 13º salário e garantir que sua empresa possa conceder férias coletivas para todos os funcionários sem grandes problemas, se esta for a realidade do seu negócio.

Para isso, você precisa procurar uma instituição financeira que ofereça este serviço. Depois, apresentar o que tem a receber, fazer a solicitação, e, por fim, receber o dinheiro sem burocracia e pagando apenas uma pequena taxa de deságio

Possibilidade de dar brindes de fim ano

Se saber como pagar o 13º salário e as férias coletivas deixou de ser uma grande preocupação para sua empresa, o oferecimento de brindes e outros benefícios para os funcionários no fim de ano passa a ser uma possibilidade. Com a antecipação de recebíveis você pode proporcionar este agrado aos seus colaboradores sem causar danos às suas finanças, já que a empresa estará utilizando um dinheiro que já era seu e que foi apenas antecipado.

Desenvolvido por Webnode